Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa

OpenSUSE

OpenSuSe

OpenSUSE, é uma distribuição do sistema operacional Linux, desenvolvida pelo projeto comunitário openSUSE. Após adquirir o SUSE Linux em janeiro de 2004, a Novell, uma empresa norte-americana que na década de 1980 ficou famosa por seu sistema operacional de rede (Netware) e que perdeu fatia substancial de mercado com o advento do Windows NT da Microsoft, decidiu lançar o SUSE Linux Professional como um projeto 100% open source, envolvendo a comunidade no processo de desenvolvimento. A versão inicial foi uma versão de teste do SUSE Linux 10.0, e, desde dezembro de 2008, sua versão estável corrente é openSUSE 11.1.

A característica do openSUSE é o YaST, um aplicativo de gerenciamento que traz a possibilidade de configurar de forma gráfica diversos elementos do sistema operacional.

História

A distribuição SUSE Linux foi originalmente uma tradução do Slackware Linux para o idioma alemão. A distribuição Slackware Linux (mantida por Patrick Volkerding) era, a princípio, em grande parte, baseada no Softlanding Linux System. Em meados de 1992, a SLS foi criada por Peter MacDonald, sendo a primeira distribuição abrangente que continha elementos tais como X e TCP/IP. S.u.S.E foi fundada em fins de 1992 como uma empresa de consultoria de UNIX, a qual, entre outras atividades, lançava pacotes de softwares que incluíam o SLS e o Slackware e editava manuais para UNIX/Linux. S.u.S.E é um acrônimo para a expressão alemã: "Software- und System-Entwicklung" ("desenvolvimento de software e de sistemas"). Contudo, em comunidades da Web de língua inglesa têm circulado rumores de que o nome é um tributo ao pioneiro da computação na Alemanha Konrad Zuse, cujo nome em inglês tem pronúncia idêntica. A primeira versão em CD do SLS/Slackware foi lançada em 1994, sob o nome S.u.S.E Linux 1.0. Posteriormente, foi integrada com a distribuição Jurix por Florian La Rouche, que lançou a distribuição unificada S.u.S.E Linux 4.2 em 1996, considerada, na verdade, como a primeira distribuição SuSE propriamente dita. Mais tarde, o SuSE Linux incorporou muitas características do Red Hat Linux, tais como os RPMs e o /etc/sysconfig. Em uma mudança para atingir mais efetivamente o público corporativo, a SuSE anunciou o SUSE Linux Enterprise Server, em 2001. E, em consequência, trocou o nome da empresa para SUSE Linux em setembro de 2003, como parte de sua nova estratégia global, conforme anunciou seu vice-presidente de marketing, Uwe Schmid.

Em 4 de novembro de 2003, a Novell anunciou que estava comprando a SUSE. A aquisição foi finalizada em janeiro de 2004. J. Philips, diretor de tecnologia da Novell para as regiões da Ásia e do Pacífico, declarou que a Novell não alteraria "no médio prazo" a direção na qual o SUSE vinha sendo desenvolvido. No "BrainShare" de 2004 da Novell, pela primeira vez, todos os computadores rodaram o SUSE Linux. Naquela reunião foi também anunciado que o aplicativo proprietário de gerenciamento do SUSE, o YaST, seria disponibilizado ao público sob licença GPL.

Em 4 de agosto de 2005, o porta-voz e diretor de relações públicas da Novell, Bruce Lowry, anunciou que o desenvolvimento das séries do SUSE Professional tornar-se-ia mais aberto e dentro do projeto comunitário openSUSE, na tentativa de atingir um público mais vasto de usuários e desenvolvedores. O software, pela definição de open source, já tinha seu código "open", porém, agora, o processo de desenvolvimento seria mais "aberto" do que antes, permitindo a desenvolvedores e usuários testar o produto e ajudar seu desenvolvimento. Previamente, toda a tarefa de desenvolvimento seria feita "na casa" pela SUSE, e a versão 10.0 seria a primeira versão que teria uma versão beta pública. Como parte da mudança, o acesso ao servidor YasT Online Update seria franqueado para os usuários do SUSE Linux, na linha da maioria das distribuições open source. Haveria, igualmente, uma versão de avaliação para livre download na Web e uma edição de caixa. A alteração da filosofia conduziu para o lançamento do SUSE Linux 10.0 em 6 de outubro de 2005 nas versões "OSS" (totalmente open source), e "eval" (tendo tanto aplicações open-source como aplicações proprietárias e tendo por característa ser uma versão completa) e edições de caixa para venda no varejo.

O mascote oficial do SUSE é geralmente conhecido como uma lagarto chamado Geeko. Porém, de fato, é um camaleão.

Entre as versões ativas da distribuição diponibilizadas pela SUSE destacam-se:

* SUSE Linux Enterprise Server (SLES)

* SUSE Linux Enterprise Desktop (SLED)

* openSUSE

Versões do openSUSE

Séries 10.x

A versão inicial estável do projeto comunitário openSUSE era o SUSE Linux 10.0, lançado em 6 de outubro de 2005. Foi liberado como uma imagem ISO de livre download e numa caixa contendo a versão comercial, que incluia determinados aplicativos exclusivos.

Em 11 de maio de 2006, o projeto comunitário openSUSE lançou o SUSE Linux 10.1, conforme anúncio em lista de discussão identificando Xgl, NetworkManager, AppArmor e Xen como proeminentes destaques.

Em sua terceira versão, o projeto comunitário openSUSE renomeou a distribuição, lançando o openSUSE 10.2 em 7 de dezembro de 2006. Entre as diversas áreas que foram enfocadas pelos desenvolvedores neste esforço, destacam-se a reformatação dos menus usados para acessar programas no KDE e no GNOME, a mudança para o ext3 como o sistema de arquivo padrão, o suporte para leitores internos de cartões de memória Secure Digital card, geralmente usados em câmeras digitais; a melhora do power management framework, possibilitando que uma quantidade maior de computadores possa entrar em estado de suspensão ao invés de desligar e inicializar, além do melhora do gerenciador de pacotes. Nesta versão também figurava a versão 2.0 do Mozilla Firefox.

A quarta versão, openSUSE 10.3, foi considerada estável em 4 de outubro de 2007. A revisão do software do sistema gerenciador de pacotes (incluindo suporte para 1-Click-Install), o suporte legal de MP3 através do Fluendo e a melhora no tempo de inicialização foram algumas das áreas enfocadas nesta revisão.

Séries 11.x

O openSUSE 11.0 foi lançado em 19 de junho de 2008. Tendo sido incluída a última versão do GNOME e duas versões do KDE (antiga, estável, 3.5.9 e a nova 4.0.4). Apresentou-se em três versões de livre download: Uma instalação completa em DVD (incluindo GNOME, KDE3, e KDE4), e dois Live CDs (GNOME e KDE4 respectivamente). O KDE3 Live CD não foi produzido, contudo, devido a seus limitados recursos. A instalação e o gerenciamento de pacotes tornaram-se significativamente mais rápidos com o ZYpp.

O openSUSE 11.1 foi lançado no Pirate Bay em 12 de dezembro de 2008. As atualizações incluem o GNOME 2.24.1, o KDE 4.1.3 + KDE 3.5.10, o OpenOffice.org 3.0, o VirtualBox 2.0.6, o Compiz 0.7.8 e o Zypper 1.0.1, continuação do melhoramento no software update stack, X.Org 7.4 e o Kernel Linux 2.6.27.7.

O openSUSE 11.1 foi oficialmente lançado em 18 de dezembro de 2008.

Histórico das versões

O openSUSE tem, em teoria, um ciclo de desenvolvimento de oito meses e um tempo de vida útil (duração das atualizações críticas) de dois anos a partir da data de lançamento.

Nome da Distribuição Versão Data de lançamento Versão do kernel Suportada até
SuSE Linux

(baseada no Slackware)

3/94  ??/03/1994  ?.?.?
7/94  ??/07/1994  ?.?.?
11/94  ??/11/1994  ?.?.?
4/95  ??/04/1995  ?.?.?
8/95  ??/08/1995  ?.?.?
11/95  ??/11/1995  ?.?.?
SuSE Linux 4.2  ??/05/1996  ?.?.?
4.3  ??/09/1996  ?.?.?
4.4  ??/05/1997  ?.?.?
5.0  ??/10/1997  ?.?.?
5.1  ??/10/1997  ?.?.?
5.2 23/03/1998 2.0.33
5.3 10/09/1998 2.0.35
6.0 21/12/1998 2.0.36 19/03/2001
6.1 07/04/1999 2.2.6 19/03/2001
6.2 12/08/1999 2.2.10 19/03/2001
6.3 25/11/1999 2.2.13 10/12/2001
6.4 09/03/2000 2.2.14 17/06/2002
7.0 27/09/2000 2.2.16 04/11/2002
7.1 24/01/2001 2.2.18 16/05/2003
7.2 15/06/2001 2.4.4 1º/10/2003
7.3 13/10/2001 2.4.9 15/12/2003
8.0 22/04/2002 2.4.18 30/06/2004
8.1 30/09/2002 2.4.19 31/01/2005
8.2 07/04/2003 2.4.20 14/07/2005
SUSE Linux 9.0 15/10/2003 2.4.21 15/12/2005
9.1 23/04/2004 2.6.4 21/07/2006
9.2 25/10/2004 2.6.8 21/11/2006
9.3 16/04/2005 2.6.11.4 18/06/2007
10.0 06/10/2005 2.6.13 20/12/2007
10.1 11/05/2006 2.6.16.13 13/08/2008
10.1bis 13/10/2006 2.6.16.21 13/08/2008
openSUSE 10.2 07/12/2006 2.6.18.2 16/12/2008
10.3 04/10/2007 2.6.22.5 31/10/2009
11.0 19/06/2008 2.6.25.5 30/06/2010
11.1 18/12/2008 2.6.27.7 31/12/2010
11.2 xx/11/2009 TBA

GNU Free Documentation License
Este é um artigo adaptado que pertence ao site Wikipédia
e está sob licença GNU Free Documentation License.
Para vê-lo na íntegra, acesse:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Suse

Veja também:

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 6787 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog