Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa
TI Expert » Programação » Web » PHP » Tipos de Dados e Variáveis

Variáveis

Variáveis são endereços de memória nos quais podemos armazenar dados ou informações. Usamos variáveis para manipular esses dados mais facilmente e também para não perdê-los no meio do processo.

As variáveis em PHP são peculiares por nos possibilitar guardar qualquer tipo de dado em uma variável, desde um simples caracter até um número decimal de grande precisão.

Toda variável tem nome e devemos tomar alguns cuidados ao nomeá-las. Primeiro, sempre começamos o nome de uma variável com um sifrão ($). Por PHP ser case-sensitive (diferencia letras maiúsculas de minúsculas), declarar uma variável $var1 será diferente de $Var1, que por sua vez será diferente de $VAR1 que também não é a mesma coisa de $VaR1.

Atribuindo dados às variáveis

Existem diversos tipos de dados que uma variável pode armazenar. O que diferencia uma da outra é a forma como elas são compostas.

Os números inteiros são atribuídos diretamente:

$meuInteiro = 10;

Números decimais ou ponto flutuante são atribuídos diretamente, mas usam o formato americano para separar a parte decimal, ou seja, ao invés de vírgula (,) usamos ponto (.).

$meuDecimal=0.5;

Caracteres ou frases (também conhecidas como strings) devem ser delimitadas dentro de aspas (ou simples, ou duplas). Portanto, todos os exemplos abaixo são válidos.

$meuCaracter1='P';
$meuCaracter2="P";
$minhaPalavra='Programação';
$minhaFrase="Programação em PHP";

Existe um tipo de dado que serve apenas para tomada de decisão que chamamos de tipo de dado booleano. Em tipos de dados booleanos, apenas dois valores são possíveis: verdadeiro ou falso. Sendo que true é verdadeiro e false é falso.

$meuBooleano=true;

PHP é uma linguagem fracamente tipada, portanto,  uma variável pode ser de um tipo e virar outro a qualquer momento que quisermos. Isso nos permite uma grande versatilidade, mas também nos deixa mais propensos a cometermos erros de programação, principalmente, de lógica.

$var1="TI Expert";    // Aqui, var1 é uma string (frase)
$var1=10              // Agora, é uma variável do tipo inteira que vale 10
$varl=0.75            // Então, deixou de ser inteiro e virou um decimal (float)
$varl=false           // Não é mais um número, agora vale apenas falso

Creative Commons License
Autor: Denys William Xavier
Este artigo está sob Licença Creative Commons.

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 21845 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog