Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa
TI Expert » Programação » Java » If e Else

Estrutura seletiva - IF e ELSE

Uma ação muito importante que o processador de qualquer computador executa, e que o torna diferente de qualquer outra máquina, é a tomada de decisão definindo o que é verdadeiro e o que é falso.

Se quisermos fazer um bom programa, esse programa deve ser capaz de definir caminhos diferentes de acordo com decisões que o próprio programa toma. Para isso, precisamos de uma estrutura seletiva da qual o único valor possível é o bit 1 ou 0, resumindo: retornar o valor VERDADEIRO ou FALSO.

Em Java, como em muitas linguagens de programação, quem faz isso é o IF (SE traduzindo).

O ELSE é o que chamamos de caso contrário, ou seja, se for falso execute o que está no ELSE.

Exemplificando: Se (IF) for tal coisa, faça isso! Caso contrário (ELSE), faça aquilo!

Usando IF

Para usar o IF basta digitar entre parênteses o que deve ser comparado.

IMPORTANTE: IF é uma palavra reservada que não aceita ponto-e-vírgula (;) no final.

Se for verdadeiro, o programa executará a primeira linha logo abaixo do if.

Mas, e se quisermos executar várias linhas se if for verdadeiro?

Se o if tiver que executar várias linhas, todas as linhas que devem ser enquadradas dentro do bloco de dados - as chaves ({}).

Usando ELSE

O ELSE só existe se tiver um IF. O else só será executado se o IF for falso.

Else executará só a primeira linha abaixo dele. Se o else tiver que executar várias linhas, vale a mesma regra de if. Todas as linhas a ser executadas deverão estar contidas dentro do bloco de dados ({}).

Para que IF chegue a uma decisão de falso e verdadeiro são necessários operadores lógicos. Dos quais destacam-se 6:

  • > - maior que
  • < - menor que
  • >= - maior ou igual a
  • <= - menor ou igula a
  • == - igual a
  • != - diferente de

Importante

O operador lógico ! (negação) server para inverter o valor, ou seja, se algo for falso, irá se tornar verdadeiro e vice-e-versa.

Uma construção sem comparação entre duas variáveis é sempre entendida como sendo verdadeira. Ex.: if (var1) -> entenda como: se var1 for verdadeiro.

Uma construção sem comparação entre duas variáveis será entendida como false se usarmos o operador de negação antes da variável. Ex.: if (!var1) -> entenda como: se var1 for falso.

public class UsandoIf {
    public static void main(String args[]) {
        boolean var1 = true;
        // Se var1 for verdadeiro
        if (var1) {
            System.out.println("var1: Verdadeiro");
        } else {
            System.out.println("var1: Falso");
        }
        // Se var1 for falso
        if (!var1) {
            System.out.println("!var1: Verdadeiro");
        } else {
            System.out.println("!var1: Falso");
        }
    }
}
Faça o Download deste Código

Creative Commons License
Autor: Denys William Xavier
Este artigo está sob Licença Creative Commons.

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 125115 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog