Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa
TI Expert » Programação » C/C++ » Declaração de Variáveis

Variáveis

Variáveis são endereços de mémoria na qual podemos atribuir ou mudar o valor.

A declaração da variável deve proceder da seguinte maneira:

1º especificar o tipo de variável

2º nomear a variável

* Não podemos esquecer que o C / C++ é case sensitive, ou seja, ele diferencia as letras maiúsculas das minúsculas.

Por exemplo, x não é a mesma coisa de X.

Um outro cuidado que devemos ter é não começar uma variável por número, mas podemos terminá-la.

Exemplo: É errado declarar 2x, mas podemos declarar x2 ou _2x.

Como uma última precaução, não podemos usar espaços, pois o compilador pode entender como sendo outra váriavel não separada por vírgula e acusará um erro. No lugar do espaço, pode-se usar underline (_).

Exemplo: É errado digitar resultado da raiz, mas é correto, resultado_da_raiz.

Tipos de variáveis

A linguagem C aceita os tipos mais comuns de variáveis e com possibilidade de modificar o alcance.

Para saber a diferença entre os tipos de dados consulte a seção algoritmo no link Tipo de dados comuns.

O primeiro tipo é o inteiro. Declara-se como int nomedavariável.

O tipo inteiro em C/C++ é uma variável de 16 bits (2 btyes) e tem o alcance entre -32768 a +32767.

O segundo é o inteiro longo. Declara-se como long int nomedavariável.

Ele é uma melhoria do inteiro comum, pois dobra o número de bits aumentado considerávelmente seu alcance, que aqui fica entre -2147483648 a +2147483647.

O outro tipo é o real ou decimal, que também chamamos de ponto flutuante.

Declara-se como float nomedavariável.

O tipo flutuante é uma variável que tem uma precisão de 7 digitos, consome 4 bytes de memória assim como o inteiro longo e tem um alcance de 1E-36 a 1E+36

Mais um tipo é uma melhoria do ponto flutuante, o dobro. Declaramos double nomedavariável.

O double consome incríveis 8 bytes de memória para o seu armazenamento. Esse consumo é explicado pela alta precisão de seu número (cerca de 14 dígitos após a vírgula) e tem um alcance imenso que vai de 1E-303 a 1E+303.

Se você não conhece número científico, isso seria como se depois do número 1 tivessem mais uma seqüência de 303 números zeros, nem sei se existe uma palavra que descreva tamanho número.

O último tipo, e talvez o mais complexo, é o caracter. O caracter serve tanto para descrever um símbolo como também pode retornar um inteiro, pois ele baseia-se na tabela ASCII. Ou seja, se declararmos uma variável de caracter podemos fazer tanto mostrar na saída a letra A como também 65, seu número da tabela ASCII.

Declaramos como char nomedavariável. Apesar de letras consumirem 1 byte teoricamente, os caracteres em C/C++ são baseados, como já foi dito, na tabela ASCII, onde cada letra tem 2 bytes. Isso foi necessário para que conseguissemos usar letras de linguagens latinas que contém acentos. Seu total é 256 divididos em dois: 127 positivos, onde praticamente estão todas as letras necessárias; e 128 negativos onde encontramos muitos símbolos matemáticos e letras acentuadas. Trataremos melhor a questão de caracteres, tabela ASCII e corrente de caracteres (string) em páginas adiante.

Creative Commons License
Autor: Denys William Xavier
Este artigo está sob Licença Creative Commons.

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 74511 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog