Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa
TI Expert » Programação » C/C++ » #define (Definir constantes)

#Define

Constantes

Constantes são o oposto das variáveis, apesar de trabalharem da mesma forma.

As variáveis têm esse nome exatamente porque podemos mudar seu valor durante a execução do programa. Já as constantes são dados gravados em memória que de forma alguma podemos alterar seu valor.

Então, qual a vantagem em ocupar memória com um dado que não podemos mudar?

A diferença está em podermos reduzir números grandes ou dados sem muito significado em algo simples, fácil de usar e relembrar.

Por exemplo, com uma constante poderemos definir que verdadeiro não será true, mas a palavra "sim". Outro exemplo: Também podemos definir que o máximo de posições que um vetor vai ter será 1000, então criamos uma constante chamada "max". Pronto, agora não precisaremos mais nos lembrar que um vetor terá 1000 posições, basta criar o vetor e no tamanho dele indicamos max. Mais um exemplo bem conhecido é o EXIT_SUCCESS. EXIT_SUCCESS não é um comando, mas simplesmente um número que o programa retorna quando ele é finalizado, mas ao invés de termos que lembrar desse número, apenas nos lembramos em "sair com sucesso" (exit success).

Para criarmos uma constante usamos o pré-processador define. Define é um pré-processador porque todas as constantes devem ser definidas antes do inicio do programa. Outro fato importante é que por padrão, sempre definimos nomes de constantes com letras maiúsculas.

Então, procedemos da seguinte forma:

pré-processador comando nome da constante valor
# define CONST 1

Para ilustrar bem o uso de constante, vamos calcular a área e o comprimento do círculo. Vamos usar este cálculo pois necessitaremos de um número constante chamado PI. PI é um número irracional, ou seja, não há uma representação exata dele, mas, para o nosso exemplo, usaremos ele com uma precisão de 8 casas decimais. Portanto, nosso pi valerá 3,14159265. Então, perceba. É mais fácil se lembrar da palavra pi ou do número 3,14159265? Pois, é exatamente nisso que consiste criar constantes.

Então, só para esclarecer o que irá acontecer: O cálculo da área do círculo equivale a raio² × pi, e o comprimento é medido em 2 × raio × pi, no qual o raio é a distância entre a borda do círculo e seu centro. Vejamos o código:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

#define PI 3.14159265;

int main (void){
    float raio;
    double area, comprimento;
    printf ("Digite o raio do seu circulo:\n         cm\r");
    scanf ("%f", &raio);
    area = (raio*raio)*PI;
    comprimento = raio*2*PI;
    system ("cls");
    printf ("A area do seu circulo e: %.2f cm\n", area);
    printf ("O comprimento do seu circulo e: %.2f cm", comprimento);
    printf ("\n\n");
    system ("pause");
}

Em C/C++, existe uma biblioteca com várias constantes matemáticas de números irracionais, inclusive o pi.

Creative Commons License
Autor: Denys William Xavier
Este artigo está sob Licença Creative Commons.

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 145550 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog