Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa
TI Expert » Programação » C/C++ » Funções de Entrada em C++

Funções de entrada

A entrada de dados é algo muito importante para qualquer programa, que deve ser usado em conjunto com uma função de saída.

Função de Entrada de C++

As funções de entrada de C++ são encontradas na biblioteca padrão de entrada/saída, a IOSTREAM.

Toda entrada de dado deve ser armazenada em um endereço de uma variável, assim como em C.

A entrada de entrada de dados é controlada pela função CIN.

Todas as entradas devem estar depois do acumulador de entrada* (>>) e não é necessário identificar o tipo de dado com uma máscara, nem indicar o endereço da variável, apenas digitamos o nome da variável.

*Cuidado: Não confunda os acumuladores. O acumulador de saída é << e o acumulador de entrada é >>.

//EXEMPLO1
#include <iostream>
using namespace std;

int main (void){
    int nr;
    cout <<"Digite um numero: ";
    cin >> nr;
    cout <<"\n\n\nVoce digitou o numero: "<<nr;
    return 0;
}

Diferentemente do scanf do C, não podemos indicar várias entradas com a função cin. Ou seja, você deve incluir um CIN para cada entrada.

Dicas importantes

Nunca confunda os acumuladores. Entrada >>; e saída <<.

Não é possível carregar uma cadeia de caracteres com a função cin, ou seja, se tiver um tipo de dado CHAR e entrarmos com uma frase, apenas a última letra será lida.

Um problema sério das funções de entrada tanto de C quanto C++ é que tudo do teclado é considerado uma entrada, inclusive o ENTER. Então, se digitarmos um número e apertarmos o ENTER, além do número também fica armazenado o ENTER, que atrapalhará futuras entradas de dados, podendo ocorrer de um dado não ser digitado porque o programa irá considerar que mesmo antes de digitarmos o dado foi dado um ENTER. Esse problema pode ser facilmente resolvido se digitarmos a função CIN.IGNORE () depois de cada CIN.

Veja o exemplo 2.

//EXEMPLO2
#include <iostream>
using namespace std;

int main (void){
    int a, b, r;
    cout <<"Digite o primeiro numero que sera somado:\n";
    cin >> a;
    cin.ignore ();
    cout <<"Digite o segundo numero que sera somado:\n";
    cin >> b;
    cin.ignore ();
    r=a+b;
    cout <<"\nA soma de "<<a<<" mais "<<b<<" e igual a "<<r;
    return 0;
}
Faça o Download deste Código

Nas próximas páginas usaremos uma linguagem mais aproximada a de C++ do que C.

Mas até aqui é o básico para conseguirmos entrar na fase intermediária da linguagem.

Creative Commons License
Autor: Denys William Xavier
Este artigo está sob Licença Creative Commons.

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 62687 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog