Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa
TI Expert » Programação » C/C++ » Analisando o Primeiro Programa em C

Analisando o Primeiro Programa em C

Com o primeiro programa em C, podemos verificar as questões mais básicas da linguagem e também elementos encontrados em qualquer linguagem (lógico que cada uma à sua maneira).

Comentário

//O primeiro programa em C
/*
Adaptado do programa original do livro
The C Programming Language
de autoria de Dennis Ritchie e Ken Thompson
*/

Comentários são linhas não compiladas, ou seja, não são comandos que devem ser executados pelo programa.

Então, se não são linhas executadas, qual a finalidade de adicionar um comentário?

A função dos comentários é deixar o código mais legível e para fazer anotações importantes dentro do próprio código, como por exemplo, anotar porque você usou uma lógica ao invés de outra, porque você nomeou aquela variável de tal forma, etc.

Nessas 5 primeiras linhas do código temos dois tipos de comentários, um de C++ e outro de C.

Os comentários de uma linha foram introduzidos em C++ e são definidos pelas barras barras duplas (//). Tudo que estiver nessa linha será ignorado pelo compilador.

Já os comentários de várias linhas tem em ambos, tanto C como C++. Você procede abrindo o comentário com /* e demonstrando onde termina o comentário com */. Tudo de estiver depois de /* e antes de */ será ignorado pelo compilador. Por isso nunca se esqueça de que quando abrir (/*), obrigatóriamente, você terá que fechar (*/). Isso é um erro muito comum de se cometer, principalmente para quem está começando.

Pré-processamento

#include <stdio.h>

Uma característica marcante de C é o pré-processamento.

A linguagem C tem a capacidade de importar bibliotecas de funções que são, leigamente, comandos já prontos para usar.

Cada um desses comandos, que chamamos de FUNÇÕES, estão organizados em bibliotecas diferentes. Bastando a nós determinar em qual biblioteca o compilador irá encontrar tal função.

O pré-processamento é determinado pelo caracter #.

Para importar uma biblioteca, basta usar o comando include.

Quanto inclusão de biblioteca, há diferenças entre C e C++ tanto na forma de inclusão quanto nas bibliotecas, que não são as mesmas. Esse é um detalhe que abordaremos melhor na próxima página.

Função Principal - O programa de fato

int main (void)

Todo o programa em C está estrito dentro da função MAIN.

MAIN é a primeira função a ser executada por qualquer programa em C, mesmo que tenha outras funções escritas antes dela.

Há compiladores que interpretam esta função mesmo incompleta, ou seja, você também como começar esta função escrevendo:

main ()

int main ()

main (void)

Mas para manter a portabilidade e evitar erros desnecessários de compilação, o melhor a fazer é declarar ela inteira -> int main (void).

Devemos salientar também que deve ser tudo em letras minúsculas, pois a linguagem C é case sensite, trocando por miúdos, ele distingüi entre letras maiúsculas e minúsculas. Por exemplo:

MAIN não é a mesma coisa que Main, que não é a mesma coisa que MaiN, que por sua vez, não é a mesma coisa que MaIn, que também é diferente de main.

Então, de preferência, sempre use letras minúsculas.

Bloco de Dados

{ }

Os blocos de dados são utilizados para determinar todas as linhas de código que comandos ou funções devem executar de uma vez.

O bloco de dados é determinado pelo abrir e fechar de chaves ({}).

Você abre chaves onde se deve começar a executar e fecha onde deve terminar a execução. Em um programa pode haver mais de uma chave e o mesmo número de chaves aberta deve ser o de chaves fechadas.

No caso do primeiro programa, apenas abre a execução da função principal (main) e fecha-se no final de sua execução.

Funções e Processos

printf ("Olá! Mundo.");
return (0);

Qualquer programa é determinado pelo que está dentro das chaves.

O que está dentro das chaves pode ser uma função, uma palavra reservada (como IF, ELSE, FOR, ...) ou processo (operação matemática).

Em C, toda chamada de função, processo ou algumas palavras reservadas devem terminar a linha com um ponto e vírgula (;).

Como você pode ver na chamada da função printf e da palavra reservada return.

Toda a parte de função, processo e palavras reservadas serão tratadas de forma mais abrangente posteriormente.

Até aqui é o básico de qualquer programação baseada em C. A princípio parece muita coisa, mas, relativamente, não é. Pois com o tempo, você irá se acostumar a declarar a função INT MAIN (VOID), pois todo programa precisa dela, e de tanto o compilador indicar uma linha errada, você nunca mais vai esquecer de que o único erro daquela linha foi a falta do ponto e vírgula no final. E se você não é bom em matemática, não se preocupe! Pois muitos bons programadores nunca fizeram uma faculdade de ciências exatas com ênfase em matemática.

Creative Commons License
Autor: Denys William Xavier
Este artigo está sob Licença Creative Commons.

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 37042 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog