Programação
 › Algoritmo  › C/C++  › Java
Web
 › HTML/XHTML  › JavaScript  › PHP
Sistema Operacional
 › Comandos de DOS  › Windows  › Linux  › Mac/BSD
Office
 › Word / Writer  › Excel / Calc
Áreas do Site
 › Download  › Fórum  › Blog
Recomendamos
Computadores e Informática em Lisboa
TI Expert » Programação » Algorítmo » Fluxograma e Pseudocódigo

Fluxograma e pseudocódigo

Fluxogramas e pseudocódigos são formas simples e diagramadas de código pronto. O objetivo de um fluxograma ou pseudocódigo é mostrar de antemão a lógica usada na solução de um problema (algoritmo).

Pseudocódigo

O pseudocódigo é um código simplório, ou seja, não é um código real, mas um código imaginário que lembra o código de programação.

O pseudocódigo é muito utilizado em cursos de programação e faculdades para apresentar a lógica algorítmica de forma mais simples, sem ter que se preocupar muito com o aspecto técnico das linguagens reais.

O pseudocódigo não segue um padrão definido, portanto, qualquer um pode escrever seu pseudocódigo da forma que bem entender desde que ele transmita a idéia central da lógica da programação. Por exemplo, abaixo estão dois pseudocódigos que descrevem o mesmo algoritmo:

pseudocódigo1

INICIO
    entrada de dado : grava em VAR1
    verificar var1 : letra ?
        verdade : imprimir dado -> "Você digitou uma letra"
        falso : imprimir dado -> "Você digitou um número"
FIM

pseudocódigo2

INICIO: procedimento
    VARIÁVEIS var1
    var1 <- entrada de dados:TECLADO
    se (var1 É letra) então
        imprimir dado:MONITOR -> "Você digitou uma letra"
    caso contrário
        imprimir dado:MONITOR -> "Você digitou um número"
FIM: procedimento

Como podemos ver, ambos lembram a forma de programar, mas nenhum dos dois são linguagens de programação reais. Porém, dessa forma evidencia seu maior ponto fraco que é a falta de portabilidade. Como qualquer um pode criar se próprio código, nem sempre o outro entenderá.

Fluxograma

Fluxogramas têm o mesmo objetivo dos pseudocódigos, a única diferença é que os fluxogramas são representações gráficas.

A vantagem principal dos fluxogramas é que, diferentemente dos pseudocódigos, eles são padronizados. Ou seja, cada símbolo representa uma ação específica e sempre representará.

Um fluxograma usa linhas para ligar seus elementos, criando assim, um caminho que deve ser seguido.

Abaixo está uma tabela com as representações do fluxograma e o que são.

fluxograma: processo fluxograma: processo alternativo fluxograma: decisão fluxograma: dados
Processo Processo Alternativo Decisão Dados
fluxograma: processo pré-definido fluxograma: armazenamento interno fluxograma: documento fluxograma: vários documentos
Processo Pré-definido Armazenamento Interno Documento Vários Documentos
fluxograma: terminação fluxograma: preparação fluxograma: entrada manual fluxograma: operação manual
Terminação Preparação Entrada Manual Operação Manual
fluxograma: conector fluxograma: conector fora de página fluxograma: cartão fluxograma: fita perfurada
Conector Conector Fora de Página Cartão Fita Perfurada
fluxograma: somador fluxograma: ou fluxograma: agrupar fluxograma: classificar
Somador Ou Agrupar Classificar
fluxograma: extrair fluxograma: mesclar fluxograma: dados armazenados fluxograma: atraso
Extrair Mesclar Dados Armazenados Atraso
fluxograma: armazenamento de acesso sequencial fluxograma: disco magnético fluxograma: armazenamento de acesso direto fluxograma: exibir
Armazenamento de Acesso Sequencial Disco Magnético Armazenamento de Acesso Direto Exibir

Apesar do número de representações assustar a princípio, a maior parte das representações são utilizadas raramente ou não são utilizadas. Por exemplo, nós raramente - o mais provável é que nunca - utilizaremos o símbolo fita perfurada, porque não são mais utilizadas aplicações que realmente necessitem de entrada de dados por fita perfurada como ocorria há 20 ou 30 anos atrás. Porém, outros são utilizados com muito mais frequência como o exibir, entrada manual, processo e assim por diante.

Outra vantagem que os fluxogramas têm em relação aos pseudocódigos é que existem programas que reproduzem essas representações de forma simples e intuitiva como, por exemplo, o Microsoft Visio, o BizAgi Modeler e o open source Star UML.

Então, vejamos abaixo a representação do pseudocódigo já utilizado nesta página no formato de fluxograma.

fluxograma de um algoritmo

Creative Commons License
Autor: Denys William Xavier
Este artigo está sob Licença Creative Commons.

Faça o download da versão em PDF Indique nosso site Gostou?
Indique nosso site!
Este artigo foi
lido 102124 vezes
Bookmark e Compartilhe

Páginas Relacionadas

Enquete
O Google Chrome OS irá desbancar o Microsoft Windows 7?
» ProgramaçãoAlgorítmo | C/C++ | Java

» WebHTML/XHTML | JavaScript | PHP

» Sistema OperacionalComandos de DOS | Windows | Linux | Mac/BSD

» OfficeWord/Wirter | Excel/Calc

» Áreas do SiteDownloads | Fórum | Blog